segunda-feira, 12 de novembro de 2012

CORRER E CAMINHAR PARA VIVER PARA VIVER BEM - ETAPA SÃO PAULO


Este domingo dia 11/11/2012 foi o dia da pova correr e caminhar para viver bem etapa são paulo, corrida que aconteceu no belo Jd. Botânico com algo totalmente novo em provas para mim, um percurso mesclando entre asfalto e trilha, com muita subida entre os dois solos. Eu considero essa prova a mais dura que já fiz, não que o percurso chegue a ser mais pesada do que os treinos da FORÇA VEGANA no pico do jaraguá (ainda mais pelo fato da trilha não ser tão acidentada), mas ainda sim foi uma prova de respeito. Apesar de eu não ter conseguido me inscrever nos 10k que esgotaram muito rápido  eu gostei muito da corrida, tanto pelo fato de ter rolado em um lugar tão bacana quanto o Jd. Botanico, como pelo fato do percurso ter sido mesclado, foi realmente diferente, mais desafiador e tornou muito interessante. Fiz um ritmo forte no começo, passando o 1ºk em 4mins, mas depois com tantas subidas e com as trilhas, foi inevitável uma pequena queda no ritmo o que fez a minha meta de completar a prova abaixo dos 21mins ficar distante. De qualquer forma, percorri grande parte do trajeto sozinho, sem ser ultrapassado e com alguns corredores meio distantes a frente, o que me fez ficar um pouco sem saber se estava em um bom ritmo ou não.  Quando cheguei na ultima reta olhei no cronometro do meu relogio e estava na casa dos 18min, não pensei duas vezes, fiz um sprint até chegar a linha de chegada, no caminho o locutor/animador leu meu nome no papel do numero e gritou no microfone "vamos la Diego, parabéns" entre outras coisas, achei isso sensacional.
Meu tempo liquido oficial foi um recorde pessoal, 19:01, porem contestavel já que duas pessoas (incluindo a minha cunhada que correu com o endomondo) disseram que a distância da prova não bateu 5k, ficou apenas em 4.200m, uma pena, mesmo assim consegui ficar em 13º colocado, fiquei extremamente feliz.


Lá encontrei com o Leonardo Cesar do blog Pisando por Aí, que tive que agradecer, já que, graças a ele eu estava la naquela corrida, visto que foi através do blog dele que fiquei sabendo desta corrida (e muitas outras) e encontrei também um senhor que conversou comigo na minha primeira corrida no parque toronto, esse senhor que me passou os sites onde eu deveria procurar pelo resultado da corrida, me deu dicas de onde encontrar outras corridas, etc, muito gente boa, ele me falou uma frase que é a mais pura verdade, "falei pra você! toma cuidado que isso vicia!", sim, ele estava correto. Por essas e outras que eu digo, na corrida amadora pelo menos, não existem adversários, seu adversário é o seu ultimo tempo, esse deve ser superado, desde quando comecei a correr pude notar isso.
Tiveram alguns pontos negativos na organização, como por exemplo a camiseta que me deram baby look, quando fui trocar, pedi M e me deram P, teve um atraso de cerca de 15min nas duas provas (5k e 10k), o guarda volumes estava EXTREMAMENTE desorganizado, demorei cerca de 20min para conseguir pegar minhas coisas, a largada dos 10k foi as 9:15 da manha, já com um sol incomodo, o fato do percurso não bater os 5k e o pior de todos na minha opinião, a lentidão na retida do chip, algo que foi se tornando um drama para muito como foi o caso do meu brother Diego Brandão, que conseguiu pegar o chip encima da hora e não teve tempo de trocar de camiseta e guardar a bolsa no guarda volumes tendo de correr com a bolsa nas costas, o que não fez esse pequeno monstrinho desistir, vi ele durante o trajeto correndo bem forte, parabéns brother você foi guerreiro.


Uma coisas que colaborou muito com essa questão do chip foi o fato que alguns corredores que iriam disputar a prova dos 10k (com a largada programada para as 9h) não tiveram o bom senso de dar preferencia ao pessoal da prova de 5k que já estavam muito atrasados na retirada do chip. Eu sei que o certo é chegar cedo e tal, tanto que cheguei as 7:15 no local, mas o Jd. Botanico é longe e imprevistos acontecem.
A próxima agora será os 11k da 24h de campinas, ondem iremos juntar por volta de 15 corredores da FORÇA VEGANA espalhados em todas as categorias da prova, estou muito ansioso, tanto pela minha prova quanto pelos meus amigos que iram fazer a ultra. Será minha primeira prova noturna. Espero voltar de lá um ótima história para contar.


Como disse meu brother Franz: "Mais importante que correr bem, que completar provas, que baixar tempo é sempre divulgar o veganismo através do esporte"
FORÇA VEGANA!

2 comentários:

  1. O Jd. Botânico de São Paulo é lindo e pouco conhecido/aproveitado pela população. Mais uma coisa boa que a corrida trouxe pra gente, conhecer esses lugares sensacionais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Man, se não fosse a corrida, grandes chances de eu nem chegar perto do Jd. Botânico!

      Excluir